Pistachio em interiores de cozinha – ideias de design

Cozinhas

Basta escolher a sombra do pistácio para a cozinha para conseguir várias coisas ao mesmo tempo: tornar a sala mais leve, mais acolhedora e mais alegre. Esta sombra é mais adequada para salas que se encontram viradas a norte ou oeste. No dia mais escuro e nublado, haverá sempre uma atmosfera de primavera precoce.

Pistachio em interiores de cozinha

Para garantir que esta não é a tonalidade mais trivial mais adequada para esta cozinha em particular, ajudará a estudar as suas características, prós e contras, bem como a considerar as opções de utilização (como os tons principais e de suporte).

Características de cor

O pistácio é caracterizado como quente, leve e arejado e é por vezes descrito como uma tonalidade de folhas novas, indicando um estado de espírito de mola. Pode ser feito misturando as duas cores amarelo e azul-esverdeado numa certa proporção. Diferentes estilos de design de interiores usam pistachio como tom base: Provença, clássico, alta tecnologia, loft, retro, país, etc.

Independentemente da iluminação, esta cor dificilmente muda. O objecto permanece igualmente saturado e positivo.

Vantagens e desvantagens de utilização

Há muitas vantagens da sombra, mas na maioria das vezes os designers mencionam o seguinte:

  • facilidade de combinação com a maioria das outras cores;
  • Fica igualmente bem em frentes brilhantes e madeira deliberadamente tosquiada, papel de parede e azulejo, tectos suspensos e linóleo;
  • relaxa e reenergiza, segundo os psicólogos, sem cansar os olhos;
  • visualmente dá volume à sala e não “rouba” a luz, pelo que é utilizada nas salas escuras como principal, e na luz – auxiliar.

As desvantagens da cor são as seguintes:

  • não pode ser usado como base para um interior monocromático, pois sem adições de cor obterá uma atmosfera pálida na casa;
  • os defeitos são os seguintes: a cor não pode ser utilizada como base para um interior monocromático, pois sem uma adição de cor daria um efeito pálido na casa; – é baça e mostra sujidade, o que significa que a cozinha tem de ser limpa frequentemente.

Pistachio como sotaque ou cor separada

Os designers afirmam que pode incorporar o verde na sua casa em qualquer número de tonalidades diferentes. São utilizados como fundo, para frentes de mobiliário, bem como sotaques decorativos. Uma grande quantidade de pistachio tornará o ambiente arejado e com aspecto de mola.

Os sotaques podem ser diferentes. Por exemplo, azulejos de pistachio no avental da cozinha. Ficaria ainda mais brilhante ao lado de uma suite de cor clara ou escura. Uma luminária desta cor faria uma brincadeira interior contida de uma forma diferente.

Numa cozinha retro, um frigorífico com um armário cor de pistache é uma peça de mobiliário original que dá o tom ao quarto.

Sombras de

Esta cor tem várias tonalidades, que são muito populares no acabamento de vários interiores, e não apenas cozinhas. Pode escolher entre claro, amarelado, escuro, com tons inferiores de bege, quase verde. O mais saturado é o médio: é o mais próximo da folhagem da Primavera.

Pistachio no interior de uma cozinha combinado com outras cores

A escolha da paleta de cores certa no design de interiores é um pré-requisito importante para um ambiente confortável e esteticamente agradável. Os seguintes pares de cores populares podem ser encontrados nos catálogos dos fabricantes de mobiliário.

Combinação com azeitona

Pode parecer que sombras tão próximas podem “entupir” o espaço no plano, tornando-o impessoal, mas não é este o caso. As paredes de azeitonas acentuarão a leveza dos móveis de pistachio. O chão e tecto bege claro, assim como os têxteis e acessórios, funcionam harmoniosamente com eles.

Topo branco e fundo de pistachio

O tom off-white é um grande companheiro, oferecendo uma versatilidade excepcional. Quando emparelhadas, estas duas tonalidades contrastantes dão um efeito espantoso de um espaço expansivo cheio de muita luz. É contra um fundo branco que o conjunto de pistachio realçará a profundidade da sua cor.

A combinação destas cores pode ser utilizada em qualquer proporção e o resultado é sempre atractivo.

Cozinha Pistachio beige

A simbiose com a cor beije cria um efeito calmante que se mistura elegantemente em diferentes conceitos estilísticos. Esta variação pode ser apresentada em diferentes versões: paredes beges e garniture verde, ou vice-versa. A neutralidade e o equilíbrio desta paleta fará com que o design da cozinha pareça sofisticado. Isto também funcionará bem se a cozinha estiver na esquina ou bastante pequena.

Tons mais escuros de madeira natural

Uma combinação marcante e elegante de madeira escura e tons de verde claro. O mais popular é a wenge. Tal paleta é popular nos estilos de alta tecnologia e neo-clássico. O uso de brilho ajuda a iluminar as cores.

Não usar wenge e pistachio ao mesmo tempo numa pequena cozinha (por exemplo, numa hruschevka), porque visualmente o tornará ainda mais pequeno e estreito.

Unidades de cozinha Pistachio

Antes de encomendar ou comprar mobiliário pronto, é necessário decidir sobre as suas características-chave: a textura e o desenho das frentes, bem como escolher o material.

Design de cozinha

Um papel fundamental no design do mobiliário de cozinha é atribuído às frentes. Podem ser vidrados, vidrados, abertos e combinados. Qualquer uma destas opções é adequada para uma cozinha em tons de verde claro. Além disso, para além da escolha do design, vale a pena pensar no número de camadas: podem ser duas (armários de chão e de parede) ou três (uma camada adicional de mezanino).

Frentes foscas e brilhantes

A escolha de frentes brilhantes é justificada se

  • a sala é demasiado pequena;
  • há pouca luz natural;
  • pretende realçar as cores brilhantes no mobiliário;
  • Não quer ter de limpar mais vezes.

Em salas grandes e espaçosas, o mobiliário mate é a escolha mais comum. Isto também se aplica a cozinhas com grandes janelas viradas a sul ou a leste.

Material para cozinhas de pistachio

Os conjuntos modernos mais duráveis são feitos de madeira maciça. Tal mobiliário tem apenas uma desvantagem – preço elevado. Normalmente a madeira é deixada coberta com um verniz transparente para demonstrar a sua beleza. No entanto, o estilo Provence e country caracteriza-se por um acabamento de pintura monocolor em mobiliário de madeira, tal como um tom de pistachio.

Uma opção significativamente mais acessível é o PEBD ou o MDF, bem como o plástico. Fachadas feitas a partir destes estilos de materiais: Art deco, Mediterrâneo, moderno, alta tecnologia, retro e outros.

Opções de layout

Pode organizar os seus móveis de diferentes maneiras. Ter em conta a posição das janelas, porta de entrada, canos de água, ventilador extractor e outros factores.

Canto

A colocação de armários ao longo de duas paredes adjacentes é uma solução popular para pequenas cozinhas que são quadradas ou próximas delas. Normalmente cobre a parede oposta à entrada e qualquer parede adjacente (geralmente a que não tem janela).

Em linha recta

Mais adequado para salas de forma alongada (rectangular). O mobiliário está alinhado ao longo da parede em branco, preenchendo o espaço livre o mais apertado possível para deixar mais espaço para a área de jantar.

Com uma ilha

Uma boa solução para salas espaçosas. Seja como uma ilha, com armários e prateleiras por baixo da bancada, ou como uma unidade combinada com a mesa de jantar (topo do bar).

Com barra de pequeno-almoço

O estilo do café é muito popular e um elemento indispensável na cozinha é o bar com banquetas altas.

Pode ser adjacente ao espaço de trabalho ou mais longe dele, mas deve ser concebido para ressoar com o resto do grupo do mobiliário.

Em forma de U

Uma solução versátil para espaços muito grandes e de média dimensão. Apenas a área de entrada é normalmente deixada livre de mobiliário. A vantagem desta disposição é que o espaço disponível é preenchido ao máximo com espaço de armazenamento para louça e alimentos.

Paredes de pistácios na cozinha

Há várias maneiras diferentes de conseguir esta bela cor de parede. O mais fácil é pintar, mas existem outras opções. As paredes em pistácio parecem harmoniosas contra móveis de cor clara e o mesmo chão.

O papel de parede de pistácio na cozinha deve ser sempre feito de um material resistente à humidade (p. ex., uma serapilheira pintada). Não tem de ser usado em todas as paredes, apenas numa área para criar um efeito atractivo, especialmente quando a cor se repete no mobiliário.

Azulejos para o avental

O azulejo cerâmico (azulejo) numa tonalidade de pistache ou com um padrão desta cor é um elemento marcante do design interior da cozinha.

Parece especialmente eficaz em combinação com tons neutros simples: branco, preto, prata, bege.

Outros acabamentos

Para além dos tipos tradicionais de acabamento, poderia considerar outras opções para a decoração das paredes: gesso texturado, trabalhos em pedra natural ou sintética, pintura sobre gesso, ou revestimento com painéis de plástico ou decorativos. Qualquer material pode ser tingido para criar um quarto bonito e acolhedor.

Acabamentos de pavimentos e tectos

Os materiais mais populares para pavimentos de cozinha são os azulejos e o laminado. Os ladrilhos são geralmente escolhidos num grande formato e o laminado é utilizado para imitar a pedra natural ou o pavimento de parquet. As cores correspondem às cores das paredes, geralmente num esquema de madeira ou de cor bege. O castanho escuro (chocolate e café) e os tons cinzentos também têm um aspecto agradável.

Muitas vezes o tecto é deixado branco ou pintado em tons neutros. Com tectos tensos e suspensões, é possível decorar elementos individuais em tons de verde claro.

O uso de verde claro no tecto faz com que pareça ‘mais baixo’.

Material e cor do tampo de trabalho

Tampos de trabalho em pedra natural, madeira maciça, pedra acrílica ou aglomerado de madeira ficariam óptimos numa cozinha com móveis de pistache. Castanho, chocolate, café, cinza, fumado são todas cores ideais.

Outros móveis

As cadeiras ou sofás da sala de jantar fazem parte da cozinha completa, tal como os armários, pelo que existem regras gerais de cor e design. Por exemplo, se tiver paredes verdes claras, escolha um esquema de cor clara, pastel ou bege. Pelo contrário, com tons neutros das paredes e do chão, mas com armários brilhantes, o grupo de jantar demonstra sombras refreadas. A cor das cadeiras (estofos) e da mesa deve combinar idealmente com a paleta do chão, parede e tecto.

Combinações de cores muito contrastantes de mobiliário básico e suplementar na cozinha são apropriadas nos estilos modernos (alta tecnologia, minimalismo, neo-clássico), e para o interior dos estilos clássicos as cores são escolhidas apenas próximas umas das outras.

Como devem ser as cortinas?

Junto às cores saturadas das paredes ou mobiliário, mesmo na fotografia, um tecido liso ou com um padrão discreto e silencioso parece ser o mais adequado. Devem ser escolhidas cores que estejam próximas dos elementos que compõem a decoração da sala.

Iluminação em pistachio de design de cozinha

Nota-se que a beleza dos tons de verde claro se perde à luz das lâmpadas incandescentes amarelas. Portanto, é uma boa ideia instalar iluminação fluorescente e não bloquear a luz solar com cortinas excessivamente densas.

As subtilezas da decoração

O efeito do interior depende muito dos acessórios certos. Não são apenas as cores que são importantes, mas também os sotaques correctos.

Cor e colocação do aparelho

Refrigeradores, fornos e microondas com cores invulgares podem ser difíceis de encontrar. Assim, se as sombras não coincidirem, é melhor esconder os aparelhos embutidos atrás das portas da fachada.

Desenho da porta

Os verdadeiros clássicos são portas em tons de branco ou madeira. Ambos são ideais para cozinhas com armários de pistachio ou acabamentos.

Acessórios e utensílios de cozinha

Todas estas luminárias e acessórios são concebidos para um efeito espantoso e são feitos para combinar com o estilo do interior, para que seja ainda mais acentuado.

O principal é não exagerar; apenas alguns “traços” originais serão suficientes.

Estilos da área da cozinha em pistachio

Surpreendentemente, se quiser decorar a sua cozinha com uma tonalidade verde clara, praticamente não se pode limitar à estrutura de um só estilo. A escolha não é realmente limitada.

Mediterrâneo

As cores náuticas naturais tais como turquesa, todos os verdes e azuis são apropriados. O pistácio é um verdadeiro destaque neste cenário, combinando maravilhosamente com a madeira e os tons de areia que são um must nos interiores mediterrânicos.

Clássico

Uma cozinha clássica de pistachio é uma cozinha muito tradicional com móveis de madeira ou imitação de madeira.

Se escolher um tom verde claro como o dominante, os tons mais brilhantes no interior clássico terão de ser dispensados.

País

Uma das variedades de estilo rústico na cozinha parece muito apropriada. Há também o gosto de combinar o mobiliário com as paredes, o chão e o tecto. E a grande variedade de utensílios de cozinha e têxteis com belos padrões faria uma bela adição à decoração.

Provença

Pistachio adapta-se perfeitamente a este estilo, e é por isso que pode encontrar tantas opções para todos os gostos nos catálogos dos fabricantes de mobiliário. Os tons dominantes são o bege, branco, amarelo muito claro e azul.

Japonês

Este estilo é caracterizado pelo minimalismo, com tons de verde claro complementados por tons de madeira escura rica sobre um fundo branco leitoso. A decoração é feita de madeira ricamente texturizada e pedra natural.

Minimalismo

Os acentos grossos e leves devem ser completamente dispensados. O papel principal é desempenhado pelas cores, e as linhas são muito simples e lacónicas (rectas ou suavemente curvadas).

O pistácio é combinado com tonalidades naturais de neve, areia, madeira, terra e pedra.

Alta tecnologia

A austeridade industrial deste estilo pode ser suavizada adicionando à mistura a cor subtil pistachio. Ao seu lado até o cromo e o metálico não parecem tão frios e sem vida.

Contemporâneo

A combinação inteligente de tecnologia moderna e detalhes que fazem uma cozinha parecer um espaço muito acolhedor é uma tendência que tem sido popular nos últimos anos, conhecida como a tendência “contemporânea”. O conforto e a decoração não devem ser sacrificados pela funcionalidade, razão pela qual o zoneamento é uma obrigação em qualquer divisão.

Desfrutar do trabalho e relaxar na sua própria cozinha é fácil quando cada detalhe do interior se preocupa com o bem-estar e o humor do proprietário. E a cor desempenha um papel importante. Os desenhadores reconhecem que o pistácio é uma das opções de maior sucesso para a cozinha.

Design Vagrant