Interior escandinavo para uma cozinha e sala de estar combinadas

Cozinhas

O estilo escandinavo esteticamente apelativo combina características nacionais e internacionais da Finlândia, Noruega, Dinamarca e Suécia. A ênfase é colocada na sustentabilidade, com a utilização de madeira em todas as suas formas. Quando os elementos são combinados correctamente, o resultado é um desenho altamente eficaz e harmonioso para qualquer sala.

Onde começar o design da sala de cozinha ao estilo escandinavo

A vantagem deste estilo é que pode ser utilizado para qualquer cozinha quadrada. Isto é conseguido com uma harmonia de minimalismo e arranjo de espaço. As cozinhas grandes vão parecer largas e arejadas, as pequenas vão parecer maiores, com a ajuda de alguns truques.

A disposição deve ser tão prática quanto possível. A funcionalidade para a sala de cozinha ao estilo escandinavo é um aspecto importante. Com os sotaques certos, combinações de cores e colocação das coisas, as melhores ideias de design podem ser realizadas.

Para grandes cozinhas, são também importantes elementos funcionais que separam visualmente o espaço, tais como

  • bar de pequeno-almoço;
  • partições práticas;
  • nichos e aparelhos.

A criação de um efeito intermédio pode melhorar a percepção visual das peças como um todo.

Para pequenas cozinhas, o estilo escandinavo oferece o importante benefício de zonar inteligentemente o espaço e de o ampliar visualmente. Para este efeito, as paredes ou mobiliário tipo gabinete devem estar em tons claros, de preferência brancos, e podem ser colocados holofotes na parte superior da sala.

As janelas devem ser mantidas tão livres de têxteis quanto possível, o tule fino é aceitável. Frentes com uma superfície brilhante, reflectindo a luz, irão aumentar visualmente a filmagem quadrada.

Que cores são preferidas?

O esquema de cores do estilo escandinavo é um dos mais estáveis. Não importa como as tendências mudam, a relevância dos favoritos naturais é inabalável. Não se pode imaginar um interior escandinavo sem branco, uma cor que traz limpeza, leveza e uma sensação de tranquilidade. O mobiliário branco numa sala é uma grande decisão de design, pois joga sempre com a escolha de detalhes ou acessórios. Não se esqueça da paleta alternativa, ou seja, tons cremosos e perolados para aqueles que acham o branco demasiado aborrecido.

Tons versáteis de cinzento e azul são os reis dos clássicos e dos neutros, uma vez que se adaptam igualmente a homens e mulheres. Uma das melhores utilizações do cinzento é em sofás, camas ou tapetes. Existe uma variedade impressionante de acessórios ou têxteis nestas tonalidades. Placas, cobertores e almofadas são todos fáceis de combinar num design de casa escandinava. A decisão de os escolher dá a harmonia do espaço, a estabilidade e o prazer da estadia.

As tonalidades claras representam a tela perfeita sobre a qual o artista pode pintar qualquer detalhe. Basta usar a sua imaginação e preencher o interior com acessórios de diferentes formas, cores e texturas.

Qual o pavimento a escolher

Para criar um chão quente num apartamento, os escandinavos utilizam apenas materiais à base de madeira. Há uma vasta gama de pavimentos em parquet e madeira dura disponível, e proporcionam o melhor aspecto natural possível com a sua textura e cor.

A tonalidade deve ser adaptada ao tom das paredes. Azulejos de madeira com efeito escovado darão um toque de vindima ao pavimento.

O que é adequado para as paredes e tecto

As características dos interiores escandinavos são leves, particularmente o branco e o pavimento cor de leite. Criando uma aura de pureza, estas opções são há muito amadas pelos amantes da harmonia e do estilo sofisticado. Uma solução interessante e elegante é a combinação de madeira e pedra para a parede de trabalho.

A opção do papel de parede também não deve ser negligenciada. É melhor utilizar marcas suecas, que são conhecidas pela sua qualidade, bem como pela sua abundância de cores monocromáticas. Se usar um papel de parede com padrão, é melhor usá-lo numa parede e deixar o resto monótono, para que a sala de cozinha ao estilo escandinavo tenha o seu sotaque sem ser demasiado vistosa.

Para o tecto, devem ser utilizadas as mesmas técnicas. Um tecto branco e perfeitamente plano fundir-se-ia com as outras superfícies para criar um todo sem costura. As vigas projectadas para o exterior são originais e com estilo. Podem combinar com a parede ou destacar-se numa cor contrastante.

Desenho e iluminação de janelas

A sala de estar da cozinha em estilo escandinavo apresenta na maioria das vezes janelas grandes e cortinas de luz em cores claras. O autêntico seria a opção de não os utilizar. Numa pequena cozinha, isto proporcionaria mais luz natural.

Numerosas fontes de luz artificial são importantes quando se dá forma a um interior escandinavo. Não só os lustres são uma boa ideia, mas também muitas pequenas lâmpadas. Diluirão as tonalidades brancas e dar-lhes-ão um acento brilhante.

Como harmonizar a sua cozinha, sofá e outros móveis

Um interior inspirado nos países nórdicos é rústico, mesmo austero. É um ar de leveza, por isso não é utilizado qualquer mobília chique com muitos detalhes ou esculturas. São preferíveis conjuntos de cozinha simples e sem frituras.

Para um quadro geral não se transformou numa “mancha branca” sólida, os conjuntos, o grupo de jantar deve ter uma cor que contraste com a luz. Os tons negros e cinzentos escuros são adequados para este fim, com especial atenção para a madeira natural, uma vez que a sua utilização acrescenta não só beleza, mas também o próprio espírito escandinavo. E para cozinhas pequenas, nunca esquecer que a funcionalidade vem primeiro, por isso a melhor solução será usar um acabamento brilhante para reflectir a luz. As unidades devem ter pegas metálicas simples, ou nenhuma, se preferir.

Decoração de uma cozinha ao estilo escandinavo

A decoração dá espaço à imaginação. Faz o desenho nórdico respirar de uma forma completamente diferente, aumentando o seu colorido e a sua maldade. As paredes são frequentemente decoradas com cartazes e fotografias coloridas, enquanto que os pavimentos são decorados com tapetes coloridos. Adições têxteis tais como toalhas de cores vivas, almofadas, cortinas, coberturas de cadeiras – não há limites de tamanho ou forma.

Vasos com plantas de diferentes tamanhos e formas, de um cacto a um pequeno limão a uma ficus maciça, abrilhantariam um espaço de vida simples.

Em conclusão, o estilo escandinavo é procurado por uma razão. Tem um toque nórdico, um sentido de temperança, amor pelo ambiente e beleza. É importante não só criar um esquema de cor, mas também estudar as características desta tendência, para que possa obter uma das melhores soluções combinando conforto e funcionalidade.

Design Vagrant