Escolher uma mesa e cadeiras a condizer com o design da sua cozinha

Soluções

A escolha da mesa de jantar certa para a cozinha irá melhorar o design da sala e torná-la mais confortável para o quarto mais frequentado da casa. Só é possível reunir toda a família para jantar ou jantar se todos tiverem um lugar acolhedor para se sentarem.

Como escolher mesas e cadeiras para a cozinha

Porque é melhor escolher uma mesa de jantar que se adapte ao resto da sala, já que uma mesa de alta tecnologia perto de um armário estilo retro ficaria realmente feia. Além disso, deve ser deixado espaço suficiente entre os tampos e as bancadas de trabalho para evitar a impressão de sobrelotação.

O material e a forma do mobiliário devem ser consistentes com o estilo escolhido. Numa cozinha moderna poderia haver uma mesa com tampo de vidro transparente, mas um pedaço esculpido de madeira natural com vinhetas e douradura no espírito do império teria um aspecto muito estranho.

A selecção de um grupo de jantar começa com a questão de quantas pessoas se vão sentar à mesa todos os dias. É importante considerar com que frequência terá convidados em casa. Normalmente, quando o espaço é apertado, preferem uma mesa pequena ou comprar um transformador (a sua mesa pode ser expandida e ampliada).

Tipicamente, cada membro da família tinha 55-60 cm, com uma distância de 25-40 cm entre as cadeiras. Desta forma, o comprimento óptimo do tampo da mesa pode ser calculado e a largura é calculada a partir do valor mínimo de 90 cm.

Para dois membros da família, um rectângulo de 60×90 cm é suficiente. Deixa-se um espaço de pelo menos 60 cm para a cadeira reclinável.

Como escolher a mesa certa para uma pequena cozinha

O espaço limitado tem o seu próprio conjunto de regras. Em cozinhas apertadas, uma das melhores soluções é uma mesa semi-circular contra a parede (ou uma mesa dobrável). Uma bancada redonda, sem cantos, poupa um pouco de espaço.

Se o espaço for criticamente apertado, o tampo da mesa pode ser aparafusado à parede ou ao peitoril da janela e até dobrado após a refeição. Os bancos dobráveis são uma boa adição a tal grupo de jantar, ou os bancos dobráveis podem ser dobrados uns nos outros.

Um tampo de mesa transparente ajuda a evitar a sensação desagradável de estar demasiado apertado. Ocupa a mesma quantidade de espaço, mas faz a sala parecer um pouco mais brilhante.

Materiais para a sua bancada de cozinha

Opções para o que fazer mobiliário com as suas próprias mãos ou encomendar a produção no estúdio, bastante. A escolha é feita em função do custo dos materiais, das suas características de desempenho, da complexidade do processamento.

Plástico

Hoje em dia pode encontrar à venda mesas de cozinha feitas de tábuas sólidas, tubos e barras em PVC, policarbonato, acrílico. O policarbonato é muito popular, pois é transparente como o vidro, mas pode ter qualquer cor e até padrões. Normalmente só o tampo da mesa é feito de plástico, mas também existem modelos com pernas de plástico. Os modelos mais simples são utilizados em parcelas e cabanas domésticas, mas na realidade a escolha dos modelos é muito mais ampla.

A principal vantagem do mobiliário plástico é considerada uma aparência original e moderna, que é altamente apreciada em interiores no estilo de alta tecnologia e loft. Se desejar, pode mesmo comprar um conjunto de mesa e várias cadeiras tão interessantes.

Mesas de pedra

Este é um caso em que é realmente raro que todo o mobiliário seja um produto feito exclusivamente de pedra. Normalmente apenas o tampo da mesa é esculpido em granito, mármore, arenito e outros tipos de pedra. Vantagens de tal decisão:

  • Tal mobiliário durará muitas décadas sem perder a sua atractividade.
  • Cada produto é único, porque o padrão e a cor do material natural não se repetem.
  • O material não tem medo de mudanças de temperatura, humidade, sujidade, só pode ser quebrado, e mesmo assim – apenas propositadamente.

O inconveniente é o elevado peso de tal mesa, que é tido em conta na concepção dos suportes e na colocação do produto na sala – no futuro não poderá ser deslocado de um lugar para outro.

Tampos de trabalho em vidro

Inusitado e apelativo – tão frequentemente dito sobre interiores de cozinha onde o papel proeminente é desempenhado por um tampo de mesa de vidro. A superfície translúcida parece flutuar no ar, dando à sala uma sensação de leveza. O vidro especial temperado ou laminado é utilizado para os tampos das mesas – transparente ou colorido, com jacto de areia, foto-impresso ou acabamento espelhado.

Mesas de madeira

Este material é o mais tradicional para mobiliário de cozinha. A madeira é maleável e pode ser trabalhada de muitas maneiras. O aspecto final é o resultado de uma combinação de espécies, características individuais da madeira e o modelo e configuração escolhidos para a mesa.

Os tampos das mesas polidos, oleados e lacados, têm um aspecto bonito, mas outros revestimentos modernos, incluindo os opacos, também podem ser encontrados. Muitas famílias herdam mobiliário de madeira sólida porque não tem vida útil, dependendo dos cuidados do proprietário.

Esquemas de cor

Para ver nos catálogos de fotografias de mesas de cozinha pode absolutamente em qualquer tonalidade. A escolha é geralmente feita de acordo com um de dois princípios: em tom com o resto do mobiliário ou em contraste com ele. Por exemplo, uma mesa preta parece original ao lado de armários brancos, mas contra o fundo de mobiliário de madeira bege será apenas uma mesa apropriada na mesma gama.

Opções de desenho e forma

Não há restrições quanto à forma dos tampos das mesas, mas a geometria tradicional é sempre popular. A razão é que um simples círculo, quadrado ou rectângulo é mais fácil de combinar com o resto do mobiliário. As cadeiras podem ser quase tudo, com ou sem apoios de braços.

Oval e redondo

O interior de uma cozinha com uma mesa redonda, mesmo numa sala espaçosa, parece acolhedor e espaçoso. O efeito da mesa em si é caloroso, porque subconscientemente a mesa é vista como um lugar de conversa amigável. O tampo oval da mesa não tem cantos, poupando espaço.

Mesa de parede semicircular

Uma boa solução para salas pequenas. O lado recto do tampo da mesa está contra a parede, como uma prateleira. Pode não ter pernas, e é fixado directamente à parede com um suporte. Muitas pessoas gostam muito desta solução em espaços apertados, uma vez que não há o risco de esbarrar em cantos afiados a toda a hora.

Praça

Um quadrado é o equivalente a um círculo, apenas com esquinas. É a forma mais compacta que ocupa o menor espaço. A beleza deste mobiliário é que pode ser movido livremente de lugar em lugar, se se quiser encostá-lo à parede ou movê-lo para o centro da cozinha. Normalmente tem uma capacidade para um máximo de 4 pessoas.

Mesa rectangular

As mesas e cadeiras de cozinha rectangulares ficam sempre bem em imagens e na vida real. Intuitivamente, as pessoas vêem-na como uma área de refeições familiares ou uma área de recepção. É também extremamente confortável de utilizar como superfície de trabalho. Para cenários clássicos como Provença ou Art Nouveau, não há nada melhor do que o simples rectângulo.

Cores no interior

Os desenhadores lembram-nos que nem sempre é necessário seguir soluções honradas pelo tempo se se quiser algo radicalmente diferente. As cores brilhantes podem ser dispostas de forma interessante em qualquer tamanho de cozinha, mas sempre com moderação. Ao lado das sombras suculentas deve ser neutro, para evitar o efeito de vulgaridade ou sobrecarga.

Escolhendo as cadeiras certas

As cadeiras não têm de ser compradas em conjunto com a mesa. Uma tendência na moda contemporânea é contrastar elementos de mobiliário na mesma sala, e mesmo a forma e o tamanho das cadeiras podem ser completamente diferentes. Esta é a escolha dos fãs de design não convencional. No estilo clássico, a cor e o design das cadeiras devem combinar com o resto do mobiliário.

Como colocar uma mesa redonda na cozinha

Quando se trata de escolher mesas de cozinha, exemplos fotográficos de design de interiores podem fornecer o apoio necessário, dando dicas valiosas. Em publicações especializadas, pode ver uma novidade que inspirará a ideia certa. Por exemplo, uma mesa redonda é normalmente colocada num espaço aberto ou no centro da cozinha. Mas pode ser movido para um canto, rodeado por um canto macio.

Uma mesa e cadeiras são obviamente um elemento muito importante do ambiente da cozinha. O conforto de cada membro da família depende da sua boa escolha. O refeitório não deve ser abandonado, a menos que seja absolutamente necessário.

Design Vagrant