Desenho de uma porta sem porta desde a cozinha até ao corredor

Banheiros

Os designers actuais oferecem muitas soluções para expandir o espaço de vida. Uma opção é eliminar a porta de entrada para a cozinha. Uma abertura livre não só lhe permite aumentar visualmente a área, mas também tornar mais confortável a movimentação em torno do apartamento ou casa. Antes de conceber uma porta sem porta para a cozinha, vale a pena avaliar os prós e os contras de tal remodelação. Deve também considerar as opções onde não pode ser feito.

Quando é uma boa ideia abolir a porta interior

Nem sempre é possível remover a porta entre a sala e a cozinha. Há alguns casos em que este método de remodelação é uma possibilidade:

  • Uma sala adjacente à cozinha é um corredor.
  • Cozinha e sala de estar precisam de ser ligadas.
  • Não há luz natural na cozinha.
  • Um potente exaustor de cozinha é uma opção.

Esta solução é utilizada tanto em apartamentos pequenos como espaçosos. No primeiro caso, permite expandir o espaço, e no segundo caso, torná-lo o mais unificado possível.

Além disso, as tendências modernas no design envolvem a divisão do espaço, não através de uma porta, mas de formas mais interessantes e originais. Isto aplica-se não só à escolha de mobiliário, papel de parede ou revestimentos de painel, mas também às opções para a concepção da porta.

E não devemos esquecer que em alguns casos não é aceitável desenhar uma porta sem uma porta para a cozinha. Trata-se tanto de conforto como de segurança dos ocupantes. Por vezes o espaço da cozinha é o único lugar da casa, servindo como local de privacidade para os ocupantes. Neste caso, a principal razão para rejeitar a ideia é o conforto dos habitantes da casa.

Se a cozinha estiver equipada com um fogão a gás, o abandono da porta pode resultar em penalizações por parte das autoridades competentes.

Não é seguro instalar uma porta desobstruída num apartamento ou numa casa com crianças pequenas. Por vezes é difícil mantê-los debaixo de olho, e estar na cozinha por si só pode constituir uma ameaça para os jovens ocupantes. Um objecto cortante pode cair-lhes nas mãos ou podem acidentalmente ligar o fogão. Também vale a pena cuidar dos cantos afiados para evitar lesões.

Destacar a abertura ou torná-la sem características

Uma vez tomada a decisão de retirar a porta da entrada da cozinha, surge o próximo dilema. A escolha entre mantê-lo aberto e mantê-lo o mais arejado e discreto possível. Não se trata apenas de uma questão de gosto, mas também de fazer o melhor uso do espaço.

Em regra, em pequenos apartamentos, a abertura é decorada de forma muito modesta ou pintada da mesma cor que as paredes para a tornar imperceptível. Isto é bastante lógico, porque usando decoração extra num espaço pequeno pode ter uma sensação de desorganização.

Em espaços maiores, é possível ser mais imaginativo. A abertura pode ser ampliada, emoldurada em pedra ou madeira.

Por vezes o tamanho até permite nichos de armazenamento ou uma pequena peça de mobiliário à entrada.

Formas de decorar aberturas entre salas

A abundância de todo o tipo de materiais de acabamento permite, de forma interessante, brincar mesmo num lugar aparentemente tão discreto como uma porta de entrada. Formas, bem como materiais, bastantes.

Painéis de madeira e MDF

Este tipo de decoração é mais frequentemente utilizado para aberturas de forma rectangular regular, mas com a ajuda de profissionais é possível decorar construções mais complicadas com estes materiais.

A madeira natural é mais cara que os painéis de MDF, mas tem um aspecto muito mais elegante. De um ponto de vista prático, a madeira é inferior porque é mais difícil de limpar e limpar.

Ao escolher, deve ser orientado não só pelo estilo da sala, mas também pela intensidade com que a cozinha é utilizada para o fim a que se destina.

Painéis plásticos e molduras de poliuretano

Os painéis plásticos são uma das formas mais práticas de instalação de unidades. O material é barato e fácil de limpar. Também pode ser substituído se surgir a necessidade. Uma excelente opção para um design prático e amigo do orçamento. No entanto, nem todos os estilos interiores permitem a utilização de painéis de plástico. Por exemplo, os interiores ecológicos ou de estilo campestre não aceitam materiais artificiais.

A moldagem de poliuretano é outra opção de decoração barata. Os produtos de qualidade feitos deste material são praticamente indistinguíveis do gesso. O resultado final é uma espécie de portal barroco. Mas lembre-se que são revestidas com tinta de emulsão à base de água e a sua limpeza da sujidade é problemática.

Se tiver crianças pequenas ou animais, não deve usar poliuretano. É um material frágil e há um elevado risco de amolgadelas e arranhões na superfície. As crianças também podem estar em risco, pois podem engolir acidentalmente uma peça que tenha sido lascada.

Cantos decorativos, arquitraves e aparadores

Molduras e arquitraves são a escolha clássica. Se forem combinados em estilo e cor com o resto da porta e arquitraves, a sala terá um aspecto bastante harmonioso. A instalação deste tipo de decoração é fácil e pode ser feita pelos seus próprios esforços.

Os ângulos decorativos podem ser classificados como um dos tipos de acabamentos. Podem ser feitos de vários materiais e cores. Ao escolher tal desenho, concentre-se primeiro na qualidade e só depois é que considera o desenho.

Tijolos de clínquer e mosaico

Decorar a abertura com telhas de clínquer é uma óptima opção para interiores de estilo loft. Este tipo de cobertura, que consiste em tijolos individuais, corresponde plenamente a esta direcção no desenho.

As vantagens do material incluem a sua resistência e durabilidade. Limpar as telhas de clínquer da sujidade e do pó também é fácil, mas as manchas teimosas serão difíceis de remover.

O mosaico é mais comummente associado a desenhos orientais, mas não o olhe de forma tão categórica. Muitas cores, formas e tamanhos permitem formalizar a abertura com mosaico de modo a que se misture com o interior.

Mesmo a modernidade da alta tecnologia ou a originalidade do art nouveau pode ser realçada com um mosaico interessante. Tal abertura teria um aspecto original entre o corredor e a cozinha.

Persianas e cortinas

Este tipo de decoração pode ser visto como duas opções diferentes.

  • Para um estilo moderno, o melhor é usar persianas.
  • Para a direcção ao estilo do país, as persianas serão mais apropriadas.

Ambos podem ser um excelente complemento do interior ou mesmo actuar como um sotaque.

Vale a pena notar que este tipo de design de portas envolve a utilização de materiais resistentes à sujidade e fáceis de limpar. Relativamente a este ponto, as cortinas podem até ser mais práticas, uma vez que podem simplesmente ser lavadas na máquina com mais frequência.

Estuque e pintura

Se quiser manter a porta discreta e discreta, o reboco e a pintura são uma boa alternativa. Nesse caso, a cor do revestimento deve corresponder à cor das paredes de uma das salas, de modo a que a transição seja sem costura. Se quiser destacar a abertura, pode optar por um acabamento mais contrastante.

O gesso e a tinta podem fazer maravilhas. Os designers modernos criam verdadeiras obras-primas com uma tinta de esmalte à base de água convencional, utilizando técnicas de aplicação únicas. Com tinta, se tiver as competências certas, pode até imitar texturas naturais como alvenaria ou pedra artificial.

Moldes

Outra opção de desenho muito interessante. Em primeiro lugar, vale a pena notar que as moldagens podem ser feitas de diferentes materiais, mais precisamente:

  • madeira;
  • de plástico;
  • espuma de poliestireno;
  • mármore;
  • gesso.

Para as aberturas de cozinha, é melhor escolher as opções mais práticas. Estes incluem o plástico e a madeira. O mármore é também um material muito durável e prático, mas nem todos o podem pagar. O esferovite é o menos adequado porque é frágil e de curta duração.

Desenho de arcos

Para além da habitual abertura rectangular, também pode ser utilizado um desenho em arco. Infelizmente, isto só é possível em salas com tectos altos. Tal abertura pode ser terminada com os mesmos materiais que a sua contraparte rectangular.

Outra opção na utilização de uma estrutura em arco é combinar um arco e um balcão de bar. Neste caso, uma parte da parede é utilizada como base para a barra que vai suavemente para a arcada.

Exemplos dos desenhos mais bem sucedidos

As portas podem ser concebidas de uma forma muito interessante e invulgar, dependendo do estilo do interior. Um único material ou uma combinação de vários materiais pode ser utilizado. Pode ver algumas opções interessantes na foto abaixo.

Para o estilo country, o enquadramento com vigas de madeira rugosas é uma óptima opção.

Para interiores clássicos, um arco decorado com pedra ou gesso com baixo-relevo seria uma grande adição.

Os arquitraves de madeira podem ser complementados com incrustação original com elementos de vidro.

Por vezes a melhor opção é pintar a porta da mesma cor que as paredes, especialmente em salas pequenas. Por exemplo, num apartamento de um quarto ou numa hruschevka.

A combinação de madeira e alvenaria é mais adequada para interiores em estilo loft. Esta pode ser uma das opções de como decorar a entrada do corredor para a cozinha sem porta.

A eliminação da porta da cozinha permite-lhe não só expandir visualmente o espaço, mas também trazer um encanto especial para o interior. Pode-se decorar a abertura com diferentes tipos de materiais, mas estes devem ser avaliados não só visualmente, mas também de um ponto de vista prático. É também importante manter o estilo geral do interior ao escolher um acabamento para a porta.

Design Vagrant