Cortinas de cozinha provençal – as especificidades do design

Banheiros

O estilo provençal é muito popular entre os designers porque o interior da sala é muito macio, leve e rústico – ingénuo. O estilo Provençal utiliza apenas tecidos naturais e objectos de madeira. Graças aos tons suaves, o desenho não o aborrece, mas dá paz e sossego. O estilo Provençal é frequentemente utilizado em cozinhas, quartos e terraços.

Características do estilo

O estilo provençal tem as suas origens na aldeia francesa com o mesmo nome, rodeada por campos de lavanda, as montanhas alpinas e o mar Mediterrâneo. É dominada por motivos rústicos, pelo que é também chamada de estilo country francês. O que distingue a Provença é a cor branca predominante. Móveis, louças, cortinas e tapetes são predominantemente brancos, com tons de cinzento claro, verde pálido, lavanda e outros tons suaves.

Os materiais utilizados são naturais:

  • mobiliário de madeira;
  • cortinas, toalhas de mesa, colchas e almofadas em algodão e linho;
  • o chão e os azulejos e loiça de parede são de cerâmica.

Os interiores da Provença estão cheios de bonitas bugigangas que enfatizam a tendência: vasos, almofadas, quadros bordados, fotografias, castiçais de ferro forjado e muito mais.

Para criar um look Provença Francesa no seu quarto, siga estas regras:

  • Infiltração de cor. Usar branco, creme, leitoso, azul claro, verde escuro, cinza claro, lilás, alfazema e outros mudo, como se estivesse desbotado das cores brilhantes da luz solar.
  • Os móveis em madeira natural, armários, roupeiros, cómodas e armários são principalmente em nogueira, com muitas prateleiras e gavetas. Cadeiras e sofás de vime são bem-vindos. O mobiliário é pintado em cinzento gasto, azul ou verde antigo.
  • Os pavimentos são de madeira ou ladrilhados.
  • As cortinas são leves, arejadas e leves.
  • Muitas flores a crescer em vasos de cerâmica e em pé em vasos.
  • Vidro transparente, porcelana, cerâmica, ferro forjado e outros pequenos artigos.
  • Bordados e decorados com doilies de rendas, quadrados, fronhas de almofadas, coberturas de cadeiras.

O estilo da Provença, num relance, apaixona-se e inspira a realização de reparações.

Que tipo de cortinas a utilizar

Ao criar um estilo Provença numa sala, preste atenção à decoração da janela. As cortinas para a cozinha no estilo Provença desempenham um papel fundamental no interior, dão ternura, romantismo, leveza e um conforto único. Para além das cortinas na cozinha, existem outros têxteis como toalhas de mesa, coberturas de cadeiras, almofadas, guardanapos, cortinas de armários e conjuntos de cozinha; todos eles devem harmonizar-se uns com os outros.

Não utilizar o mesmo tecido, escolher uma determinada linha como cor ou padrão e aderir ao mesmo ao longo do desenho.

As cortinas na cozinha podem acentuar o estilo rústico com tonalidades pasteladas e pequenos desenhos tais como bolinhas, cheques ou florais. O material deve ser natural.

Uma janela na cozinha é importante para a sua função, por isso as cortinas não devem interferir com a abertura e ventilação da janela.

O comprimento das cortinas deve ser encurtado até ao peitoril da janela, até ao meio da janela ou mesmo um pequeno tule arejado cobrindo apenas a parte superior da janela. O tule curto permite colocar vasos de flores ou verdura picante (lavanda, rosmaninho, coentro) e outras coisas bonitas (fotos, castiçais, estatuetas) na janela.

A Provença não exclui cortinas de comprimento de piso se o interior o exigir. Mas é antes uma excepção.

As regras de desenho harmonioso

Para que as cortinas complementem harmoniosamente o estilo escolhido para a cozinha, é necessário ter em conta os requisitos para o estilo do país francês.

Densidade do tecido

Tules leves e arejados feitos de chintz, seda e organza serão adequados para as cortinas da cozinha da Provença. Tecidos leves que criam uma prega fofa dão à sala uma sensação arejada. Devem ser utilizados tecidos naturais como algodão, calico estampado ou jacquard para complementar o tule.

As cortinas da Provença podem ser feitas com serapilheira. É semelhante ao arrombamento, mas fará com que o interior pareça rústico e caseiro.

Os tecidos utilizados são translúcidos, mate mas leves e permeáveis à luz solar.

Uma sinfonia de cores

A Provença favorece os motivos florais rústicos: flores pequenas e flores grandes, isoladamente ou em cachos, desde que não sejam muito variegadas.

O padrão deve ser silenciado, como se estivesse desbotado contra um fundo branco ou pastel. Para além de flores, as cortinas podem ter pequenos pontos de polca ou cheques.

Se a cozinha for pequena, evite usar cortinas com um padrão grande; elas fariam a sala parecer mais pequena.

A harmonia de cores das cortinas é a seguinte:

  • Cortinas de cores claras (branco, bege, champanhe, amarelo, leite) darão à cozinha um aspecto fresco e limpo.
  • Verde mudo. Uma cor natural, ideal para o estilo do país.
  • Azul claro, rosa e lavanda são as cores mais frequentemente utilizadas na Provença, para acentuar a leveza e o arejamento.

É importante não esquecer a regra mais importante do estilo provençal: as cortinas têm de combinar com o resto dos têxteis na cozinha.

Tecidos leves e naturais

Os tecidos para cortinados são principalmente naturais, leves, deixando entrar a luz do sol e dando à sala um toque rústico e caseiro (linho, tecidos de algodão).

Mas também se pode utilizar tecidos sintéticos como organza. É prático, barato, não recolhe pó, pode ser facilmente lavado e dá à sua janela o efeito arejado e cintilante de que necessita num ambiente provincial.

Fixação ao parapeito

A vareta para cortinas Provençal deve ser de madeira ou de ferro forjado. Podem ser utilizados todos os tipos de sebes:

  • vara;
  • carril;
  • encordoado;

As cortinas são fixadas com anéis, ganchos, cavilhas ou ilhós.

São também utilizadas persianas romanas e uma vareta telescópica especial para cortinas de café. Tal parte é fixada directamente à armação da janela no topo ou no meio e é ideal para uma janela na cozinha onde existe um lavatório.

Que salas são adequadas para persianas provençais

As persianas provençais não são apenas adequadas para cozinhas. Devido à sua simplicidade e harmonia, irão perfeitamente com qualquer divisão da casa:

  • No quarto, as cortinas provençais darão paz e tranquilidade.
  • Para os quartos das crianças Cortinas provençais com rufos dariam juventude e leveza
  • Para a sala de estar as cortinas francesas dariam à sala grandeza e luxo.

As estores provençais são utilizadas na concepção de outros quartos: casa de banho, varanda, sala de jantar e hall de entrada. Caberão em qualquer interior se forem usados com perícia.

Aconselhamento de designers experientes

Designers experientes dão algumas dicas a considerar antes de ir à loja ao escolher cortinas para a cozinha no estilo da Provença:

  • Criar uma atmosfera rústica de casa de campo. Pode fazê-lo embelezando as cortinas com rufos, bordados ou renda de croché.
  • Mantenha-se fiel ao seu estilo escolhido e utilize apenas tecidos naturais representando flores e ervas aromáticas.
  • Estes quadros e tecidos devem combinar com o resto do mobiliário.

O estilo da Provença para a cozinha é escolhido por muitas donas de casa e designers, porque dá ao quarto mais conforto, tranquilidade e harmonia do que qualquer outro estilo.

Persianas para a cozinha no estilo Provença com as suas próprias mãos

Pode coser a cozinha com as suas próprias mãos. Além disso, existem master classes de padrões e costura na Internet. O principal é escolher o tecido certo, que será adequado e o estilo e a sala interior seleccionados.

  1. Tirar medidas. A largura das cortinas com dobras é medida ao longo do comprimento da pista da cortina mais 15-20 %. O comprimento das cortinas depende da ideia do desenhador: para o chão, para o peitoril da janela, para o meio da janela, para um terço da janela.
  2. Tecido preparado, cortado de acordo com as medidas, bainha de 2 mangas à volta do perímetro. É aconselhável não fazer a bainha com mais de um centímetro de largura nos lados e no fundo. Uma tira de costura especial é cosida na parte superior para dar rigidez.

Ao medir é importante não esquecer cerca de 2-3 cm de costuras nos lados e no fundo e 5-7 cm na parte superior.

As cortinas acabadas podem ser decoradas com bordados, renda de croché e fitas.

O estilo provençal parece ter sido especificamente concebido para cozinhas, mesmo em apartamentos da cidade. Os motivos rústicos calmos e harmoniosos dão à sala uma sensação caseira.

As cortinas provençais são leves, brilham com sol e uma tranquilidade rústica. Este tecido caberá harmoniosamente não só na cozinha, mas também noutras divisões, e mesmo a dona de casa mais inexperiente poderá coser as cortinas com as suas próprias mãos.

Design Vagrant