Aventais de cozinha em plástico – prós e contras

Soluções

Ao conceber uma cozinha, compensa considerar e pensar em cada detalhe. Encomendar uma unidade de cozinha significa necessariamente escolher um avental de cozinha, que deve proteger o espaço entre os armários. Uma das melhores opções é um avental de plástico. Antes de tomar uma decisão final, deve não só decidir sobre o seu tamanho exacto, mas também escolher o material mais adequado.

O que é um avental de plástico

Um avental de cozinha é um revestimento que se destina a proteger a parte da parede entre os armários inferior e superior do conjunto de cozinha contra vários contaminantes. Além disso, evita que as altas temperaturas e a humidade afectem as paredes.

Uma variedade de materiais pode ser utilizada para decorar os painéis de parede do tampo de trabalho. Nomeadamente:

  • plástico;
  • policarbonato;
  • azulejos cerâmicos;
  • Painéis MDF;
  • laminado;
  • vidro.

Há muitas opções, mas há certas nuances a considerar ao escolher. Estes incluem o design da cozinha, a disposição da sala, o tipo de acessórios de cozinha e as preferências gustativas dos proprietários. A intensidade de utilização é também importante, uma vez que diferentes materiais diferem na sua resistência ao calor, humidade e limpeza frequente.

Vários tipos de plástico são um dos tipos mais comuns de material para o avental da cozinha. São baratos e duráveis.

A possibilidade de desenho na sua superfície oferece uma vasta gama de possibilidades em termos de desenho.

Tamanhos de avental padrão

Antes de mais, vale a pena notar que só se deve encomendar um avental para a cozinha de plástico depois de o espaço da cozinha ter sido planeado e criado o projecto do conjunto da cozinha. Tanto o comprimento como a largura do avental dependem directamente das dimensões do mobiliário. A largura padrão pode variar de 60-100 cm. Em alguns casos, pode ser maior, por exemplo, se a altura do tecto na sala for superior aos valores padrão.

Os seguintes factores devem ser tidos em conta ao determinar o tamanho da parede que cobre a área de trabalho:

  • O tamanho das unidades do piso. A altura padrão desta parte do conjunto é de 85-90 cm. Se o mobiliário for feito por encomenda, estes valores podem ser alterados, ou melhor, aumentados para conveniência do proprietário. Para pessoas muito altas, a altura dos armários pode atingir os 95-98 cm.
  • A altura dos armários com dobradiças. Este valor depende tanto da altura da unidade do chão como da altura dos tectos da sala. Normalmente, os armários são colocados a 140-150 cm acima do chão. No entanto, se a altura da parte do chão do mobiliário for aumentada, a altura da parte da parede aumentará em conformidade.
  • Dimensões da panela. A altura da placa de cozedura afecta a altura das unidades de chão e consequentemente a colocação das unidades de parede. Como regra, as unidades de chão e os fogões devem ser posicionados como uma construção monolítica, ou seja, os seus níveis superiores devem ser idênticos a fim de assegurar o equilíbrio.

Ao determinar a altura das unidades de parede, a altura dos ocupantes da sala deve ser tida em consideração. Uma altura demasiado alta tornaria a cozinha desconfortável de utilizar.

Largura mínima e máxima do avental

A largura do avental deve ser aumentada ao máximo, para que a cozinha possa albergar uma máquina de lavar roupa ou uma máquina de lavar louça. A altura de tais aparelhos é superior à altura padrão do mobiliário de cozinha e a altura de colocação da unidade de parede será também significativamente maior.

Neste caso, a largura do avental pode atingir cerca de 1 metro e deve ser feita à medida.

O tamanho mais pequeno do avental é adequado para salas com áreas pequenas e tectos baixos. Nesses casos, é mais comum seleccionar um mobiliário padrão, e a altura das unidades de parede é mantida a um nível mínimo. A distância entre a parte superior e inferior da unidade será reduzida em conformidade para 45 cm. Esta é a altura mínima de acordo com as normas geralmente aceites.

Tipos de material para um avental de cozinha

Um avental de cozinha pode ser feito a partir de vários tipos de material que são convencionalmente categorizados como ‘plástico’. As mais frequentemente utilizadas são as seguintes:

  • Painéis em PVC com foto-impressão. Podem ter a forma de uma folha ou ter um desenho de ripas. Usando uma tecnologia especial, qualquer tipo de ornamento ou foto pode ser aplicado a tal superfície, o que aumenta muito as possibilidades de desenho. A superfície de tal revestimento pode ser mate ou brilhante. O avental de painéis de PVC para a cozinha é a opção de design mais barata.
  • Plástico ABS. Similar em características aos painéis de PVC, mas com características técnicas mais elevadas. Também inclui um desenho ou impressão fotográfica e tem uma superfície fosca ou brilhante. Pode ser transparente ou de cor clara. Custa mais do que os painéis de PVC, mas é também muito barato.
  • Policarbonato. Este material é também chamado vidro acrílico devido à sua semelhança com um revestimento de vidro. É uma das mais duráveis e práticas opções de design entre os revestimentos plásticos. O material implica a aplicação de um desenho individual no ecrã ou a utilização de produtos com uma impressão pronta.
  • Materiais compósitos. Esta categoria de materiais é difícil de classificar como plástico, uma vez que têm uma composição complexa que inclui madeira. O MDF e o painel de fibras têm um enchimento interno à base de madeira e um revestimento externo à base de plástico. O material é muito atractivo no exterior, mas não é resistente à humidade e às altas temperaturas.
  • Superfícies de plástico espelhado. Para além do desenho, o revestimento de plástico pode ter uma superfície espelhada. Este material é produzido por uma tecnologia especial e a sua aplicação é real para interiores em estilo moderno.

Todos estes materiais diferem em preço e características. Cada uma delas tem tanto vantagens como desvantagens. São bastante acessíveis e podem ser adquiridos tanto online como na construção de supermercados. Antes de fazer uma escolha a favor de uma determinada opção, vale a pena avaliar todas as suas características e ponderá-las em relação às possibilidades e necessidades no que respeita ao mobiliário da sala.

Exemplos de desenhos de aventais de plástico

Dependendo do estilo de design do espaço da cozinha, os painéis e aventais plásticos de cozinha podem ser utilizados com diferentes padrões e tipos de superfície. Existem algumas opções básicas para o desenho da bancada da cozinha.

Impressão de fruta

Esta opção pode ser chamada com segurança de uma das mais populares e populares. Cores brilhantes e suculentas e imagens apetitosas tornam a sala mais vibrante e estimulam o apetite.

Ao instalar um revestimento com tal padrão, o desenho de outros detalhes deve ser discreto.

Para unidades de cozinha, é uma boa ideia escolher cores sólidas num esquema de cores suaves. Caso contrário, o interior ficaria desorganizado e sem sabor.



Motivos florais

Este tipo de impressão decorativa é o segundo mais popular depois dos desenhos frutados. Deve ser utilizado com cuidado e num esquema de cores consistente. As estampas florais são perfeitas para cozinhas rurais ou provençais, mas os móveis devem ser lisos na cor e comedidos no seu design.



Texturas naturais

Muito frequentemente no interior, são utilizados painéis de plástico com imitação de pedra, madeira ou alvenaria. Esta opção é uma alternativa aos materiais naturais em termos de custo. Além disso, a pedra ou a madeira são mais difíceis de cuidar, e o plástico neste sentido difere favoravelmente deles.

Dependendo da cor e textura da impressão, tais revestimentos podem ser utilizados em quase todos os interiores, excepto num clássico.

Particularmente relevante será um avental de cozinha de plástico com imitação de tijolo para o estilo loft, numa versão de baixo orçamento.



Uma superfície espelhada.

A opção mais relevante para pequenas cozinhas, uma vez que alarga visualmente o espaço. Uma superfície espelhada é ideal para um interior de alta tecnologia ou minimalista. Os revestimentos de cor clara também podem ser usados para interiores clássicos, mas é melhor não os usar para uma cozinha ao estilo do campo.



Visão geral das vantagens e desvantagens

Como mencionado acima, todos os materiais plásticos têm vantagens e desvantagens. Cada uma delas vale a pena olhar mais de perto, para não cometer um erro na escolha da melhor opção. Uma característica comparativa é apresentada sob a forma de um quadro abaixo.

Vale a pena considerar os materiais compostos separadamente, uma vez que dificilmente são adequados para aventais de cozinha e só podem ser utilizados como cobertura temporária. Como não são resistentes ao calor ou à humidade, só devem ser utilizados se a cozinha não for muito utilizada para cozinhar.

Conselhos gerais sobre selecção de material

Independentemente do material que decidir utilizar como avental, há algumas regras gerais que precisam de ser seguidas. Há alguns deles:

  • Material de alta qualidade. Independentemente do custo, deve ser prestada atenção ao fabricante do produto e à disponibilidade de certificados adequados para o mesmo.
  • Retroiluminação. O avental parecerá mais vantajoso se organizar a sua iluminação. A forma mais popular é fixar uma faixa de diodo ou lâmpadas de dia no fundo dos armários suspensos. Isto deve ser considerado de antemão e tido em conta na escolha do padrão e da cor do painel.
  • Padrão. Um bom desenho pode ampliar o espaço ou criar acentos. As estampas grandes não são uma boa escolha para cozinhas pequenas, nem é uma boa ideia usar um avental colorido ao mesmo tempo que móveis de cores vivas.

Estas poucas regras podem ajudá-lo a escolher o avental de cozinha de plástico adequado à disposição da sua cozinha. Para além do dimensionamento preciso e da escolha correcta do material, o design desempenha um papel importante na escolha do material certo.

Características de instalação

A simplicidade de instalação do avental de plástico permite-lhe conduzi-lo você mesmo sem o envolvimento de especialistas. Para organizar o trabalho será necessário um certo conjunto de ferramentas e materiais para fixar o painel na parede. Nomeadamente:

  • marcador para marcação;
  • fita métrica a medir
  • faca de serviço público ou serra eléctrica;
  • selante
  • Adesivo especial (“pregos líquidos”) ou parafusos auto-roscantes.

O processo de instalação deve ser efectuado passo a passo:

  1. Primeiro, medir cuidadosamente a distância entre os armários, adicionar uma tolerância de 2 cm de cada lado e calcular a largura necessária do avental. Medir também o comprimento da bancada e adicionar 0,5-1 cm a ela.
  2. Em seguida, marcar e cortar o painel de acordo com estas medidas. Se o bordo do corte for rugoso, pode ser rugoso com lixa fina.
  3. Quando o painel estiver pronto, pode prosseguir com a instalação. O painel pode ser fixado à parede com parafusos adesivos ou auto-roscantes. O primeiro método é melhor em termos de estética, mas o segundo é mais fiável.

Medir a distância desde o chão até ao topo dos armários ao longo de todo o comprimento da unidade. A superfície do chão pode ser irregular, e a medição incorrecta resultará em lacunas entre o mobiliário e o avental.

Outra opção para a fixação do avental é também digna de menção, que envolve a utilização de calhas metálicas. Esta é a opção mais moderna e fiável. Além disso, neste caso, o avental é removível. Para fixar o painel à parede, as guias são primeiro fixadas à parede e depois o painel é simplesmente inserido nelas com base no princípio de uma manga, ou mais precisamente, um mecanismo de carril.

As paredes irregulares podem tornar a instalação muito difícil. Num caso tão problemático, o painel deve ser montado sobre uma estrutura especial. É montado a partir de perfis metálicos, tendo em conta todas as irregularidades, de modo a nivelar completamente a superfície. O painel é fixado à estrutura pré-fabricada com parafusos auto-roscantes.

O avental da cozinha desempenha um papel importante na cozinha e os materiais utilizados estão sujeitos a requisitos rigorosos. Deve ser robusto e resistente à humidade e às altas temperaturas. O plástico e as suas variedades satisfazem estes requisitos, mas não em toda a sua extensão. É atraente devido ao seu baixo custo, facilidade de instalação e opções decorativas, mas é difícil chamar-lhe durável e prático. Pelo contrário, é uma boa opção orçamental para o desenho de cozinhas, com a opção de substituir o antigo por um novo.

Design Vagrant