A que altura devem ser instalados os armários de cozinha

Soluções

Embora o mobiliário possa ser personalizado, pode ter um aspecto diferente, dependendo da altura das unidades. O posicionamento do mobiliário na cozinha não só determina a aparência da sala, mas também o quão confortável é trabalhar nela. A altura para pendurar os armários da cozinha no chão é explicada no nosso artigo abaixo.

Matizes importantes a considerar ao escolher a altura

Para uma cozinha bonita e confortável, é importante calcular com antecedência a altura dos armários. A primeira coisa a considerar é o conforto. Para calcular a altura para pendurar as unidades de cozinha, é necessário conhecer a altura do dono da cozinha. Também se deve considerar o tamanho do mobiliário, a altura do avental e a posição da capota.

Dimensões do mobiliário

Para além da altura do chão é também importante considerar a altura do tampo de trabalho. Isto significa que a altura das unidades inferiores também deve ser tida em conta. A colocação da bancada de trabalho deve ser confortável para a senhora da cozinha. Um tampo de trabalho baixo dar-lhe-á uma dor nas costas, e um muito alto fará com que as suas mãos fiquem pegajosas enquanto cozinha. A altura óptima das unidades de cozinha a partir da bancada de trabalho é de 56-65 cm. Tal altura permitir-lhe-á colocar livremente aparelhos e equipamentos de cozinha sobre a mesa e pendurar utensílios de cozinha na parede.

A altura da unidade de parede é também afectada pela sua profundidade. A média é de 30 cm, mas isto pode variar em função do tamanho individual da cozinha. Por exemplo, um armário demasiado estreito ficará pendurado 5-7 cm mais abaixo, porque é necessário inclinar-se para a frente para chegar à prateleira superior. Os módulos largos, por outro lado, têm de se inclinar para trás para abrir as portas, e podem ser pendurados 5-7 cm mais alto do que a norma calculada.

A largura do fundo, unidades de chão também desempenha um papel. Por exemplo, um armário inferior que seja demasiado profundo reduz o acesso à unidade de parede, pelo que tem de ser colocado mais abaixo.

Dependência do exaustor e do exaustor

Uma linha na parede dos armários de cozinha e um exaustor ficariam óptimos. Desta forma, o capô não se destaca ou não parece ser pesado em comparação com o mobiliário. A distância desde o exaustor até à placa eléctrica é de 60-65 cm, enquanto que deve estar 10 cm mais acima da placa a gás.

Se não houver um exaustor por cima da placa, a prateleira por cima da placa deve ficar pendurada por cima da linha do módulo principal. Neste caso, a linha superior deve ser a mesma para que todo o mobiliário mantenha a sua integridade. Esta regra é válida se o exaustor estiver integrado no mobiliário.

A altura de uma pessoa deve ser tida em conta

A altura da cozinha deve ser decisiva para o cálculo da altura dos armários. Mas o resto dos habitantes do apartamento também deve ser tomado em consideração. O ideal seria utilizar a altura do membro mais baixo da família (mas apenas como adulto). Deve ser capaz de chegar à prateleira superior sem dispositivos auxiliares – escadas ou banquetas.

A prateleira inferior deve estar ao nível dos olhos. Para calcular a altura do seu guarda-roupa, subtraia 20-25 cm da sua altura. A altura média é de 150-160 cm (para mulheres de 160-185 cm). Se o chefe na cozinha for um homem, o mobiliário deve ser “ajustado” à sua altura. Neste caso, a altura dos tampos e armários de trabalho será mais elevada.

A altura mais baixa de uma unidade de parede é de 135 cm. Contudo, prateleiras mais altas do que 210 cm são consideradas inúteis na cozinha.

Os cálculos mais exactos e correctos incluem os seguintes números:

  • a altura da pessoa;
  • a altura da cabeça (1/8 da altura);
  • comprimento do braço (2/5 da altura).

Cálculo da altura da prateleira superior de um armário = altura da pessoa – altura da cabeça + comprimento do braço.

Para calcular a altura da prateleira acima da bancada de trabalho, adicionar mais alguns números. A fórmula funciona então da seguinte forma:

Altura do armário acima da mesa = altura calculada da prateleira superior + distância da prateleira superior até ao tecto do armário – dimensões do módulo articulado – dimensões do módulo de chão.

Regras e normas básicas para determinar as alturas de montagem

As normas nacionais têm uma folga de 20-25 cm. Abrange todas as nuances que afectam a altura dos móveis – a altura, as dimensões do próprio mobiliário, a intenção do designer e as medidas de segurança.

Distância do chão

A que altura é que os padrões exigem que os armários da cozinha sejam pendurados no chão? Isto situa-se entre 135 e 150 cm para um módulo que fica pendurado por cima de um armário de chão. E a sua altura está dentro dos mesmos padrões e é de 85-95 cm. O cálculo corresponde a outro indicador – o tamanho do avental. A altura padrão de um armário de cozinha acima da bancada de trabalho é de 45-65 cm.

Uma altura de avental de menos de 45 cm é considerada impraticável.

Há um cálculo universal, se não forem fornecidas unidades de baixo de cartão. O bordo inferior das unidades da parede deve estar 5-7 cm abaixo do ombro.

Colocação da borda superior do armário

Ao calcular a linha superior, é necessário considerar:

  • Os quartos médios e baixos serão visualmente ainda mais baixos se os armários forem pendurados demasiado baixo. As cozinhas baixas precisam de um avental que seja mais alto para as fazer parecer “mais altas”.
  • As cozinhas mais altas podem optar por armários maiores do que a média. Mas as unidades que são demasiado altas não fazem sentido. As prateleiras superiores de tais unidades não serão utilizadas. Neste caso, é melhor organizar a zona superior.
  • A peculiaridade do design de mobiliário. O mobiliário moderno está equipado com módulos superiores muito convenientes com portas de abertura horizontal. Estas portas abrem-se suavemente para cima, e uma pessoa tem acesso a todo o conteúdo da prateleira. Mas a colocação de tal desenho requer um mínimo de 20-30 cm acima do tecto.

O padrão geral para uma linha superior de gabinete = 20-25 cm + a altura média dos membros da família. Com este cálculo, a prateleira superior e o seu conteúdo estará acessível a todos.

As normas nacionais estabeleceram um limite para a altura da prateleira superior de um módulo de cozinha suspenso na parede. Isto não deve exceder 190 cm.

A distância entre a mesa da cozinha e a unidade de parede

As normas para esta dimensão são 45-65 cm. A figura ideal, de acordo com os designers – 50-56 cm. Mas para cada dona-de-casa, esta figura será diferente. E não é apenas a sua altura ou a posição do módulo inferior que é importante aqui.

A funcionalidade da cozinha é outro factor que determina a altura do mobiliário pendurado e do avental. É preciso decidir se superfícies de trabalho abertas ou prateleiras são mais importantes para a mãe da cerâmica. Se os aparelhos frequentemente utilizados forem colocados no tampo de trabalho, e o tampo de trabalho deve estar equipado com uma tábua de corte e um bloco de facas, então, é claro, a capacidade do avental terá precedência.

Muitas vezes, armários com uma única prateleira espaçosa são colocados logo acima do nível dos olhos, porque o conteúdo não é assim tão importante. Além disso, este tipo de módulo é muito económico em espaço, e seria apropriado num espaço pequeno e baixo.

Layout não convencional

Os layouts pouco usuais para módulos de cozinha, quer sejam de chão ou de parede, são melhor deixados aos designers. Em qualquer caso, a praticidade e a ergonomia são vitais.

Por este motivo, duas regras básicas devem ser seguidas quando se organiza o mobiliário de forma não normalizada:

  • A prateleira inferior deve estar ao nível dos olhos.
  • A prateleira superior pode ser alcançada à mão.

Estas duas regras tornam a sua cozinha confortável e funcional.

Formas de fixação das unidades de parede

A fixação dos armários é uma parte importante do arranjo do mobiliário. O armazenamento de objectos de vidro é muito pesado. Não economizar nos materiais de fixação.

Siga as instruções passo a passo ao instalar o armário:

  1. Calcular a altura do armário e traçar uma linha a este nível ao longo de toda a parede onde os módulos serão pendurados.
  2. Fazer um esboço para o primeiro buraco do agrafador.
  3. Perfurar e instalar os fixadores. É importante fazer isto com segurança.
  4. Pendurar o armário no primeiro cabide e ajustar a altura do segundo furo.
  5. Perfurar e instalar o segundo cabide.

É importante fazer os buracos um de cada vez, para que haja menos hipóteses de os armários estarem desalinhados.

É importante preparar a parede para o posicionamento do mobiliário na calha da dobradiça, esta deve estar nivelada. Em seguida, calcular o nível das unidades de parede. O carril é fixo em relação a esta altura. As dobradiças e ganchos especiais devem ser fixados aos armários articulados. A seguir, pendurar os módulos preparados no carril. Como é colocado entre a parede e o mobiliário, o módulo ficará solto contra a parede. Se for este o caso, um carril semelhante pode ser colocado por baixo, ou o mobiliário pode ser colocado sobre o avental.

Cabides especiais são colocados sobre a calha do chapéu e permitem mover os módulos horizontalmente e ajustar a sua altura. Esta configuração não é barata, mas é muito útil quando se instalam unidades de parede.

Para esconder a distância entre os armários da cozinha, aparafusar os lados dos módulos.

A altura dos armários de cozinha deve cobrir várias funções – comodidade e praticidade da cozinha, ergonomia do mobiliário, mantendo o estilo da sala. É melhor calcular a altura dos armários depois de planear a disposição do mobiliário.

Design Vagrant